Crescendo além da pandemia – Dicas para seu negócio crescer mesmo em tempo de coronavírus

Tempo de leitura: 12 minutos

Crescendo além da pandemia 

Olá.

Tudo bem?

Estamos em um momento delicado do mercado como um todo. A eminente ameaça de um vírus está mudando o comportamento de um agente importante nos negócios: o cliente, o consumidor.

Diante da pandemia do Coronavírus a crise gerada vai afetar muitas empresas e continuará debilitando os negócios, principalmente pela redução nas vendas que será sentido durante a etapa de permanência das pessoas em suas casas e pela diminuição da circulação de pessoas pelos centros de comércio.

Por outro lado, este mesmo cenário já está criando um crescimento expressivo nas vendas de lojas online e aumento de pedidos em aplicativos de entrega. Isto porque o que está acontecendo é uma mudança de comportamento de consumo de âmbito geral. A Amazon, por exemplo, contratou 100 mil novos funcionários nos EUA neste mês de março, para atender a demanda que explodiu por causa das pessoas em suas casas devido ao vírus!

E dentro do mercado online mundial, as vendas de alguns setores estão em crescimento, como saúde e remédios, enquanto outros estão se retraindo, como turismo e eventos / shows.

Como o título diz, neste post eu quero que você, empreendedor, olhe para a situação além do caos. Isto porque diante deste cenário que parece um filme de terror, você precisa escolher se vai ser um coadjuvante correndo de um lado para outro em desespero ou se será um ator principal que irá aproveitar o momento atual para observar sua situação, se aprimorar e em seguida se destacar em seu mercado.

Nesta situação gerada pelo vírus é necessário entender que os cenários mudarão com o passar o tempo, então atualize-se , mas não olhe somente para fora e sim foque em quem paga as suas contas, ou seja, seus clientes. Ele é o seu ponto central para se manter no mercado e fazer sua empresa crescer.

As dicas abaixo são baseadas em minha experiência de auxílio à empresas, clientes da minha consultoria de crescimento em vendas online ( Growth Hacking), que é uma metodologia que visa a redução de riscos das ações de crescimento em vendas online.

Vamos aos passos:

1 – Construa um bom relacionamento: segurança e confiança

Se existem sentimentos que devem ser desenvolvidos durante um processo de vendas, seja online ou presencial, estes são a segurança e a confiança. Sem eles, não há negócios.

E estes sentimentos são essenciais para ter os clientes conectados com sua empresa e torná-la referência de atendimento em seu mercado.

O que os clientes desejam é encontrar em sua empresa indicadores de que estão sendo atendidos com segurança e ao comprovarem isto, serão gratos e terão despertado confiança em seu negócio e no seu atendimento.

Isto vale para qualquer negócio, desde uma lanchonete até uma loja online.

Mostre seu atendimento diferenciado, focado nas práticas de higiene e saúde, para o bem estar do seu cliente. E tudo deve estar alinhado às normas que sua prefeitura exigir neste período.

Mas perceba que esta ação será positiva mesmo depois da temporada do coronavírus, pois estes sentimentos são duradouros.

Aproveite e deixe seus clientes a par das mudanças no seu atendimento, novos horários ou nova forma de servi-los, entendendo o que eles precisam neste período.

Tem empresa avisando com carro de som. Então, mãos no trombone e contate seus clientes.

 

2 – Seja encontrável 

A partir do momento em que seus clientes não puderem ir até seu estabelecimento, será necessário ter canais de comunicação ativos para que eles possam achar a sua empresa e entrar em contato para tirar dúvidas sobre o atendimento que eles receberão.

Se sua empresa tem um site ou loja virtual, é hora de rever as ações de SEO, que são aquelas que ajudam aos cliente encontrarem sua empresa através dos mecanismos de busca, como o Google.

As necessidades estão mudando. Procure se adaptar a elas o mais rapidamente possível.

Se não possui site ou loja virtual, use as rede sociais, Whatsapp e telefones. Como vem demonstrando o aumento de vendas online, os consumidores, depois de um tempo de adaptação em casa, usaram a internet para pedirem o que precisam, “porque estão isolados, mas suas necessidades continuam as mesmas”.

A própria Magazine Luíza mostrou que as estratégias de múltiplos canais de atendimento, usando paralelamente o online e as lojas físicas, dão muito certo quando são bem orquestradas, já que esta ação foi uma das responsáveis pelo crescimento da empresa no mercado nos últimos anos.

Cada tipo de público prefere um canal de comunicação específico. Não tem fórmula pronta. Tem que testar. Por este motivo, planeje primeiro como irá usar estes canais antes de ficar divulgando-os para não deixar clientes na espera sem resposta.

Dentro do Growth Hacking, o desenvolvimento de canais é um ponto importante a ser implantado para a melhorar a aproximação do cliente e aumentar as vendas.

Sugiro que sejam pensadas as ações a médio e longo prazo também, para que tudo seja uma construção sólida para o momento de retomada do mercado.

 

3 – Atenda seu cliente onde ele estiver

Os clientes estão em casa, em isolamento, e por isso se distanciaram de seu negócio físico. A forma de atendê-los agora é baseada no modelo de negócios de uma loja online ou pedidos online, ou seja, eles irão pedir o que desejam e serão atendidos à distância ou através de serviços de entrega.

Este modelo de negócios tem um atendimento que se adapta perfeitamente à situação de isolamento dos clientes que continuam conectados à internet. E é por isso que estamos vendo as vendas de lojas online e de aplicativos de entrega aumentarem nestes últimos dias.

A construção de um negócio digital, como um fornecedor de serviços online ou uma loja online deve ser bem estruturado e pode levar um tempo, dependendo de todos os elementos que sua empresa possui, como escopo de atendimento, meios de produção, formas de entrega, formas de pagamento, etc.

Mas você pode começar com o que possui, o principal é continuar atendendo seus clientes remotamente, mesmo que para sua empresa seja experimental.

Portanto, adicione o serviço de entregas, caso não tenha desenvolvido eles ainda.

E se sua empresa estava pensando se ia ou não fazer uso da internet para desenvolver vendas online, agora não há o que pensar e o que precisa ser definido é como fazer isso, pois será uma mudança que poderá ser usada após a temporada do coronavírus.

Para empresas do setor serviços, a produção de conteúdo para seus clientes e o uso de ferramentas de conferência e reuniões online são necessárias para este momento. Use-as!

E se sua empresa já possui uma loja online, o momento é de análise do comportamento do seus clientes para ver o que mais pode ser oferecido para eles.
Quais canais de atendimento podem ser ativados ou desativados para melhor atende-los?
Do que eles estão precisando neste momento?
Cheque todo o fluxo de visitas à loja e levante os índices de controle para acompanhar de perto a evolução da loja.

 

4 – Acelerando o atendimento

E quando o novo modelo de atendimento começar a dar certo?

E se mesmo trabalhando e portas fechadas e sua empresa conseguindo fidelizar clientes, as vendas se estabilizam ou estão já beirando o limite de atendimento?

O atendimento via Whatsapp, por exemplo, tem um limitante e tempo de resposta para cada atendimento, pois depende do operador para responder.

Se suas vendas começarem a aumentar, então é hora certa de inserir automatização ao atendimento, o atendimento virtual. É hora de implantar um funil de vendas automatizado em seu negócio.

A única exigência aqui é ter já adotado uma plataforma online para trabalhar. Podem ser usados os chats em seu site ou loja virtual ou ainda robôs do Facebook. Tudo vai depender do estágio de atividade da sua plataforma de atendimento e do volume de atendimentos que você esteja realizando.

Para as empresas que já possuem atendimento automatizado, utilizem os relatórios para verificar o comportamento dos seus clientes e melhore o engajamento onde houver aumento de solicitações.

Como em todas as etapas, eu recomendo que sejam feitos testes e não sair ´achando´ o que vai dar certo, contratando ferramentas, por exemplo, nestes momentos de incerteza e cautela.

 

Adapte seu negócio durante e após temporada de reclusão

Em alguns setores do mercado a suspensão das atividades será total e a retomada se dará somente no 2o semestre de 2020.

Se o seu mercado está nesta situação, então há tempo de ser criado um negócio digital mais estruturado. É uma oportunidade para estudar novas formas de atendimento e até de novos mercados, novos públicos e novos produtos e serviços a serem desenvolvidos.

É tempo mais do que necessário para criar uma estratégia para engajamento dos clientes para o 2o semestre de retorno às atividades, como algumas companhias aéreas estão fazendo, mirando as ações para a volta do mercado.

Outro exemplo de saída para situações de impedimento foram eventos que estavam para acontecer presencialmente no inicio de março e foram proibidos para não gerarem aglomeração de pessoas. Eles foram transformados em eventos online, permitindo atingir muito mais pessoas que haveria no evento presencial, pois foram transmitidos pela internet e palestrantes e espectadores puderam interagir de suas casas.

E quantos novos eventos podem ser criados neste formato?

Durante a crise, mirar na solução permite encontrar e criar oportunidades de melhoria.

 

Criando um negócio digital para crescer ainda mais

E se este novo modelo de negócios puder seu negócio se expandir para outras cidades ou puder atender um mercado que ainda não tinha sido identificado pela sua empresa?

E perceba que o que os passos anteriores foram feitos durante um cenário ruim do mercado, mas focando na solução, na ação que permitiu seu negócio se estabilizar e agora ele está pronto para crescer.

Quais as oportunidades que ainda não foram exploradas em sua empresa e em seu mercado?

Os passos que mostrei aqui são aplicáveis a qualquer negócio nesta etapa de operações em meio ao isolamento dos consumidores em seus lares e do fornecimento à portas fechadas.

Isto porque elas focam em fortalecer o relacionamento com o cliente e de suprir as reais necessidades deles com o apoio da internet para poder chegar até onde ele está.

Esta é a base para o sucesso de muitas Startups digitais (unicórnios) que tiveram o crescimento acelerado!

Eu a utilizei em meus clientes de lojas virtuais que não vendiam e passaram a vender bem e também em empresas clientes que depois da análise de mercado online, mirando novos clientes, faturaram o que não imaginavam faturar logos nos 1os projetos.

A análise de mercado online e a aproximação do seu cliente consumidor quando aplicadas corretamente transformam a sua empresa positivamente.

Você está pronto para reinventar sua forma de atendimento na sua empresa?

Está pronto para expandir e acelerar as vendas de sua empresa?

Pronto para atender novos mercados, incluindo aqueles que nem sequer pensou algum dia atender?

E para a criação de uma nova frente de atuação?

Está pronto para começar?

Se a resposta é sim, eu posso lhe ajudar a levar esta transformação digital para a sua empresa, analisando as transformações e oportunidades do mercado online do seu setor. E posso também lhe auxiliar na criação e implementação de novas frentes, baseado no modelo ágil de validação de mercados de Startup.

E o atendimento será todo remoto e seguro, claro.

Devo dizer que estas técnicas não servem para qualquer empresa, pois, para o sucesso do seu projeto de restruturação digital é necessária a participação ativa dos responsáveis da empresa.

Assim ações podem ser aplicadas mais agilmente, gerando resultados mais rapidamente.

Preencha o formulário abaixo e me diga como está sua empresa neste momento e como espera ser ajudado por mim.

Formulário para a minha consultoria em vendas online. 

Desejo a você sucesso nesta etapa de transição enquanto aguardamos o fim do isolamento e o mercado voltar ao normal.

Fique bem e saudável.

Um abraço e boas vendas.

Até a próxima

Deixe uma resposta