Growth Hacking – Gameficação – Provendo interação para seu negócio digital crescer

Tempo de leitura: 7 minutos

Growth Hacking – Gamificação

Olá, tudo bem? O principal objetivo do Growth Hacking é fazer a sua empresa e seu negócio crescerem e para isso, uma ação é trazer mais clientes para o seu ambiente de atuação digital (site, blog, loja virtual ou app).

Uma das formas mais dinâmicas e amigáveis que você pode criar para que seus clientes interajam é o uso de jogos nos quais os clientes podem participar, ou seja, aplicando a gameficação nas suas atividades.

O Growth Hacking orienta que a sua solução promova a criação de rotinas que seu cliente execute e que assim, venham a se tornar hábitos pelo uso repetido da solução.

Este é o motivo pelo qual os aplicativos de celular passaram a dar avisos (push) para que o usuário interaja cada vez mais com o app.

Embora haja vários cases de sucesso com aplicativos no hall da fama do Growth Hacking não é preciso ter uma app para aplicar este conceito em sua empresa ou seu negócio e com isso fazer com que seus clientes passem a acessar mais sua solução.

O que precisa ser levado em consideração é a percepção de ganho que o cliente terá nessa ação de gameficação. Não é usar por usar e ninguém vai se viciar no uso de sua solução / negócio / empresa só porque você você quer que seu cliente aumente a sua taxa de engajamento.

A percepção de valor deve estar presente na execução, como ganho de rapidez ou acúmulo de pontos ou algo que represente que o cliente está evoluindo e caminhando para o seu objetivo que é o ganho maior.

1 – Gameficação no início do seu projeto para incentivar o compartilhamento da sua solução

Um exemplo famoso de hack de crescimento, baseado na entrada do funil de novos clientes, é a estratégia que a Dropbox criou no início de suas operações em que cada novo cliente era incentivado a convidar um amigo para ganhar um pouco mais de espaço grátis dentro da plataforma de armazenamento.

Você deve lembrar disso e deve saber que não há mais a mensagens como esta lá

Este modelo foi amplamente usado no início das operações da empresa e a medida que eles foram atingindo a meta de usuários cadastrados, a quantidade de espaço cedida foi diminuindo até não ser mais oferecido esta vantagem de indicação para os usuários.

Ou seja, esta gameficação tinha data de início e término, uma vez que estava atrelada a uma fase específica do projeto da startup.

2 – Gameficação inserida no dia a dia do seu negócio. 

Growth hacking - Gamificação - Todos no fluxo do negócio da empresa

Já um exemplo de gameficação “contínua”, que está “inserida no negócio” é a solução que tive a oportunidade de criar: um sistema online que conecta um grupo de lojas. A ideia é que parceiros e representantes trabalhem em conjunto com as lojas e acumulem pontos a medida que realizam indicação de clientes para elas. Esta pontuação gera prêmios ao final de um período de vendas como viagens, passeios e outros prêmios. 

O sistema ainda conta com ações rápidas de cadastro e consulta, pois ninguém gosta de aplicativo chato e isso pode gerar até boicote por parte dos usuários. Na criação do game devem ser levados todos estes fatores de engajamento e desistência dos participantes e conforme a análise destes índices, agir para aplicar melhorias para seu projeto não naufragar.

Desde que foi implantada, esta solução registra milhões em vendas nas lojas do grupo e em prêmios entregues aos participantes pelas suas indicações.

Mas a gameficação contínua pode ser aplicada de várias formas. Nesta outra solução que desenvolvi, o objetivo é levar uma votação para os consumidores dos pratos de um evento gastronômico de grupo de restaurantes de uma cidade vizinha, Brotas. Conheça o Broteco 2019.

 

Growth Hacking - Gameficação - Evento gastronômico

A solução premia os melhores pratos e restaurantes e quem vota são os clientes que além de saborearem as delícias, passam a receber vantagens das empresas do evento por participarem do game.

Deve ser observado que o nível de comprometimento do cliente, que é o usuário principal da solução, é menor do que o representante de vendas da solução anterior, mas isso não impede que o festival esteja indo apra a sua 3a edição com prêmios para os restaurantes e pratos mais votados.

E a participação dos clientes gera uma movimentação no grupo de restaurantes participantes e também na cidade.

Um ganho que é sentidos por todos que participam, direta e indiretamente do festival, vindo através da participação de todos na votação.

Esta solução acompanha o evento que é sazonal, mas atua durante todo o festival, sendo peça chave para a divulgação do evento e gerador de engajamento entre os clientes e os estabelecimentos participantes.

Ficou animado para criar a sua gameficação em seu negócio?

Growth Hacking - Gamificação - Checklist passos e cuidados para criar uma gameficação

Então siga estes passos e cuidados para criar um game de interação com seus clientes:

1 – O foco é no cliente da solução, sempre. A percepção de ganho deve ser sentida por todos os participantes, isso aumenta o nível de comprometimento e engajamento na solução.

2 – Por ser voltado para o cliente, deve ser um processo otimizado para a realização da ação desejada. Ou seja, rapidez e facilidade são obrigatórios para o sucesso do game.

3 – Use a gameficação de forma estratégica, conforme seu projeto, podendo ser por tempo específico, como no exemplo do Dropbox, ou como um componente fixo no modo de operação das suas atividades com os clientes, como é o caso dos exemplos com o grupo de lojas e o evento gastronômico.

4 – Teste, valide, melhore e repita. Se seu game for original (e não uma ferramenta do mercado), ele irá se adaptando com o uso e você terá insights de melhoria que podem ser feitas nele e revalidadas com seus clientes.

Como eu disse anteriormente, há muitas formas de criar uma gameficação no seu negócio e deve se tomar cuidados para esta ação na gere mais desconforto e reclamações com sua marca do que melhorias em vendas ou reconhecimento no mercado.

Por último, a implantação deste tipo de ferramenta tem de fazer parte de uma estratégia maior, para que não se torne uma ação isolada ou distante das outras ações de Growth Hacking.

E e se sua empresa está disposta e preparada para implantar esta e outras estratégicas de Growth Hacking com foco no crescimento exponencial de vendas, eu posso lhe ajudar, assim como já ajudei empresas, como estas que citei acima, a aumentarem suas vendas através de soluções online.

Para isso, preencha o formulário de contato, no link a baixo, para que possamos marcar uma reunião online e assim iniciaremos um novo projeto de crescimento de vendas na sua empresa.

Questionário sobre sua empresa para determinar se sua empresa pode receber as técnicas de crescimento acelerado 

Terei o prazer de também poder ajudar sua empresa. Aguardo seu contato.

Conheça também este artigo em que falo sobre a aplicação do Growth Hacking para alavancar negócios digitais.

E se você gostou deste artigo, faça seu comentário abaixo. E se souber de alguém que está precisando destas dicas, compartilhe-o mas suas redes sociais.

Um abraço e boas vendas.

Até a próxima.

Deixe uma resposta